segunda-feira, 6 de setembro de 2010

LONELY IS FREEDOM

Eu pensando tanto em tantas coisas. Nessa busca louca e obsessiva por interação e companhia que rege o mundo hoje. E eu só quero ficar sozinha e em silêncio um pouco. Não para sempre, só um pouco. Só enquanto estou aqui nas montanhas, tão perto do céu. Apenas sentir a vida, sem precisar fazer nada em especial. Sem precisar ser divertida, engraçada, inteligente. Sem ter de fazer um milhão de amigos e bem mais forte poder cantar. Eu já tenho muitos amigos e eles são especiais o suficiente. Eu tenho uma quantidade limitada de tempo para me dedicar às pessoas. Eu estou incluída nessa conta. A gente não força amigos dentro de nossas vidas. Eles chegam aos pouquinhos, arrumam um espaço e acampam no nosso coração. O ser humano é o único animal que está sempre em busca de alguma coisa mais. Nunca satisfeito. Todos os outros animais podem apenas "ser". Eu acho que a gente já se esqueceu como se faz isso. Ser. Hoje, como tirei um dia de folga e ele está repleto de insights. De milagres me devolvendo amor perdido. De previsões otimistas de amor sentido. E de emails que pipocam do nada me desejando todo o amor e ponto final. Esbarrei hoje com esse vídeo por um amigo. Sempre gostoso ver que tem mais gente lá fora pensando como a gente.

Um comentário:

Fernand's disse...

Tuas palavras me bateram com carinho... É a grande arte de transformar a solidão em solitude.

Bjs meus