sexta-feira, 28 de maio de 2010

Adivinha onde eu estou? Isso aí! Não saí de Roma. Fiquei e vou ficar, enquanto der para ficar. Como o tempo virou (É legal saber que isso não acontece só em São Paulo. Tempo virar bem na sexta-feira...), talvez algumas das coisas que eu queria fazer no final de semana não funcionem bem com a chuva e os dias cinzas. Mas daí eu uso os dias para colocar em ordem o trabalho, que está totalmente negligenciado. Hoje Jackeline foi embora para Suíça. Uma fofa querida! Ontem voltando do cinema, ela e eu vimos a movimentação de luzes e tapete vermelho da Pré-estréia de “Sex and the City 2” que estava rolando na Piazza della Republica. Ficamos as duas pulando dentro do ônibus. Hoje, na última aula, ela me trouxe de presente um hidratante com protetor solar suíço que ela usa. Deixa a pele toda brilhante, um luxo. A gente fez uma bagunça, e tiramos várias fotos, e na hora de se despedir (Deus! Tô ficando uma manteiga derretida com essa coisa de se despedir!) fiquei toda emocionada e com os olhos cheios de lágrimas. Só disse para ela uma coisa: “A Senhora! Trate de ser feliz, ok!?”. Ando tão bundona. Tão chorando por qualquer coisa. Meio “Zeca Baleiro”, sabe? Chorei na hora do almoço enquanto a Rashna me contava do presente de casamento super fofo e criativo que ela teve idéia de dar para o melhor amigo dela (que eu amei e vou roubar. Primeira que casar, ganha!). Chorei também de ficar imaginando a barriga da MH. Chorei tentando arrumar meu cabelo hoje cedo, e quando descobri que consigo sacar dinheiro no caixa eletrônico com o meu cartão do banco do Brasil (e não vou mais precisar do Visa Travel). Chorei vendo duas senhorinhas escolhendo sorvete quarta-feira à tarde, relendo um email da minha sobrinha (isso é covardia, eu sei!), e no filme de ontem à noite. Mas esse era filme de chorar mesmo. Eu não entendia nada, mas chorei mesmo assim. Nenhuma das vezes foi uma emoção de dor ou sofrimento não. Foi tudo muito bom. Chorar de quando é intenso. De quando a gente está feliz pra caramba e as coisas são perfeitas demais. (Tirando a parte do cabelo, que foi choro de desespero mesmo). Chorar porque a felicidade é tanta que transborda um pouquinho. Escorre nas lágrimas que a gente tenta disfarçar. Por isso que eu digo que estou bundona. Ah, o que se há de fazer? Agora, além de superlativa, sou bundona. Pensar que eu já fui um poço de cinismo e mal-humor... Tão bom se permitir mudar. Fazer tudo ao contrário, no extremo oposto. Comprei um modem portátil para ter internet aqui, só que ele me libera só 5 horas de navegação por dia. Com os emails, trabalho, post do blog, pesquisa de locais, horários de trens e hostels (da continuação da jornada), “reuniões” por skype, farmville e as conversas perdidadas com um ou outro quando dá, acabo sempre ficando sem créditos. No meio de um trabalho, puf! Cortam a conexão. Daí só no dia seguinte. Por causa disso eu ando sentindo uma falta danada de falar com alguns amigos, de botar o papo em dia com algumas pessoas. Porque tem sido muito difícil dar atenção “homem-à-homem”. Me sinto em débito. Então, bem bundona e com os olhos meio vazando de felicidade, eu mando um recadinho bem pontual para cada uma dessas pessoas que eu gostaria muito de poder estar tagarelando com mais tempo e carinho (MH, Y, minha irmãzinha Carol, a prima Kika, a outra Kika, também a Keka, o Dri, Paulinha, Cí, Sel, Fê, Lulu e Pedrón, meu amor de alma Kallel, a Ju, o tratante do Dinho, a Van...). “Vocês, Senhores! Tratem de serem muito felizes, ok!?”. Por aqui eu estou sendo.

6 comentários:

Fê Catani disse...

lindona do meu coração,
também estou em falta com a senhorita, mas penso sempre em vc. de verdade.Sempre olho no facebook sua fotinho e penso: com mais calma escrevo para a Dri... ai acaba nunca vindo a calma...Aqui tô na correria geral. Faculdade de manhã( sempre com mil trabalhos e provas), peça de terça, quarta e quinta e o pouco tempo livre fico com meu filhote, que alias já tá ficando em pé sozinho. Uma coisa de louco esse menino.
Hoje tive uma crise de choro tb, mas não foi tão boa quanto a sua, foi de cansaço acumulado e aqueles probleminhas que as vezes damos mais importancia que o necessa´rio. Mas já passou.
Olha nega,só posso falar uma coisa: vale a pena , viu?! Essa coisa de estresse não é nada perto da felicidade que esse menininho me trouxe, uma me sinto abençoada por ser mãe dele.
Volto com muitas idéias para trabalharmso por aqui pq já tô com pique todo!
beijos mil

Vanessa disse...

Minha querida pode deixar que vou seguir o seu exemplo e ser feliz a cada dia... e se um dia eu acordar achando que não existe motivo para felicidade... lembrarei de vc e promete que farei de tudo para encontrar um bom motivo para ser feliz! Super beijo

Mel disse...

Esqueceu da gente Dri! rs
Mas, pelo menos eu, estou sendo mto, mas mto feliz, tem coisas que acontecem só qdo nos permitimos vivê-las né?
Tô com saudades. bjs

Anônimo disse...

DRIIII, MINHA PRIMA QUERIDA! Ta foda acordar e nao ter vc para ficarmos tomando aquela cafe, o wafle e as nossas risadas! Espero que venhas passar mais tempo comigo, e fico feliz de coração de estares bem, acho mesmo que italia é a tua cara!!! e torço para arranjares AQUELE ITALIANO!!! DAQUELES!!! e assim terei certeza que moraras aqui pertinho e nao teremos desculpas para ficarmos anosss sem nos ver ;)) Estou a adorar navegar no seu blog, como sabes sou preeguiçosa para a net, mas agora q peguei o gosto voltarei aqui muitas vezes ;)) te amo prima bestinha!!! SE CUIDA!!! E QUEM SABE NAO TE VISITO UM DIA DESTES!! VAMOS MARCAR!! bjuxx e abraços!! kika prima

kika rocha disse...

Eu sou a outra Kika, e estou te acompanhando, ora por fotos, ora por texto. E como sempre achei, isso tudo era o que estava pronto para ti. Eu aqui , cada vez que apronto e fico feliz, lembro de ti, sabendo que ia sentir orgulho de mim! beijos

carolinaavilez disse...

Minha querida!! Tão bom saber-te bem, AMANDO, curtindo, virando bundona (rsrs, faz parte do banzo), sentindo, lembrando,aprendendo, confirmando e conhecendo tudo o que te é apresentado!! Ando sempre pertinho de ti. Também estou com saudades de tagarelar, mas o faço por pensamento!!
Continue amando, curtindo e VIVENDO!!
Bjo, bjo!!